Senador pede ao Cade que investigue preço de passagens aéreas

O senador Jean-Paul Prates (PT-RN) pediu a instalação de inquérito administrativo ao Sugestão Administrativo de Intervenção Econômica (Cade) para ver “a suposta majoração das tarifas aéreas, do valor dos combustíveis e dos impostos de vôo do Rio Grande do Norte ”.

Ele citou o texto 66 da Princípio 12.529, de 2011, a Princípio do Cade, que antevê este tipo de utensílio. “O setor turístico, o hoteleiro, todos os consumidores desse produto, a passagem aérea que não é mais um artigo de elite, estão preocupados com a diferença de preços que chega aproximadamente ao dobro ”, disse ao longo comemoração da Representação de Conteúdos Econômicos no Senado,.

Em investigações informais não conseguimos respostas concretas para supervisionar a parcialização desses preços, na composto deles, e no qual está o engano, até para que o governo do estado e o federal possa auxiliar a reconciliar uma taxa mais amigo.

Cancelamentos dos voos no Aeroporto de Navegantes e Florianópolis

Em seu site, semana pernada, ele já havia reconhecido que ia realizar o pedido. “ Desejaremos que o Cade investigue as tarifas aéreas no Rio Grande do Norte. Possuimos as tarifas mais caras que nossos estados vizinhos”, afirmou. O Cade é o órgão responsável pela lei da rivalidade no mercado, sendo encarregado por perquirir, promover e divulgar a cultura da desocupado rivalidade no país.

Quem comprou passagens aéreas para usufruir o sueto da Semana Santa terá de acrescentar outras opção para deleitar-se o feriadão. A parentela aérea Avianca Brasil cancelou cerca de 300 voos programados entre os dias 15 e 20 de abril.

Em Santa Catarina, os passageiros do adejo 6105 de Navegantes para Guarulhos (SP) lesado para esta terça-feira (16) não terão como enrodilhar. A empresa que está em recuperação judicial teve que cancelar o adejo por falta de jato.

A decolagem acertada para os dias 17, 18, 19 e 20 similarmente será cancelado. O mesmo dificuldade ocorre similarmente no aeródromo Externo Hercílio Luz, na grande Florianópolis. A parentela cancelou os adejo 6261 similarmente para Guarulhos.

Passagem Aérea

A providência da Anac efetua cumprimento a uma decisão judicial que determinou a recuperação de posse das aeronaves à empresa de leasing, que é a dona das aeronaves. A decisão antevê que a empresa permanecerá em recuperação judicial até que se cumpram as obrigações previstas no plano que se vencerem até 2 anos após a concessão da recuperação.

A Infraero reforça que uma parte “ destacado ” da crime da parentela aérea com a administradora aeroportuária foi quitada na última segunda-feira. De acordo com a administradora de aeroportos, o acordo realizado com a Avianca “ antevê a conservação da cirurgia enquanto suas cláusulas forem cumpridas”. Em nota, a Avianca informou que vai entrar em contato com os passageiros dos voos cancelados.

Por que Natal é hoje o destino mais caro do País?

O presidente da Quarto Municipal de Natal, camarista Paulinho Frei, vai provocar o altercação sobre o alto valor das passagens aéreas com destino ou ironia de Natal para ser estudado em completo numa ouvido pública a ser realizada na próxima segunda-feira (15).

O propósito é inserir representantes do Quantidade Público; parlamentares municipais, estaduais e federais; empresários do turismo e indivíduos para rebater explicações para conseguir a diminuição desses preços como maneira de estimular o turismo.

De acordo com Paulinho Frei, a ideia é preservar um fórum de debates para rebater opção para a diminuição dos preços dessas passagens aéreas. “A controvérsia sobre esta ideias não pode paralisar e dessa forma propomos esse embate. Somos hoje um dos destinos mais caros e isto acaba interferindo de forma dura na nossa maior exercício econômica na região que é o turismo, impactando em mais de 50 atividades interligadas”, afirmou.

A asserção do camarista, que já foi presidente da representação de turismo da casa legislativa, é que seja fabricado um certificado com opção concretas a serem repassadas para os empresários responsáveis e autoridades competentes. “ Todos nós devemos nos juntar para pedir novas saídas para esse obstáculo.

Mesmo com incentivos como a diminuição do ICMS sobre o querosene de vôo, por exemplo, os dados são preocupantes para toda uma grade da economia. O Estado já perdeu cerca de 200 mil passageiros nos últimos cinco anos e dessa forma possuimos que comportar-se ”, completou Paulinho Frei.